Home > Educação > Você faz um plano, sua filha faz outro.
IMG_20180517_193719_513

Embora seja muito parecida comigo, desde pequenina minha filha me surpreende com as escolhas e gostos. Eu nunca fui muito de criar expectativas sobre o que ela iria preferir, mas sempre dei as opções mais óbvias na hora de uma atividade extra, aquelas que a própria escola ou clube oferece: balé, dança, música.

Maria nunca fez muito esforço para nenhuma delas e não esboçava interesse por nada a não ser brincar. Mas esse ano veio um pedido inusitado: jogar futebol. A coisa foi tão séria que o pedido já veio com todas as informações de dia, hora, valor, professor, etc. Decidida, nem me deu tempo de questionar nara, ja tirou minhas dúvidas no carro enquanto voltávamos pra casa.

Naturalmente preocupada, eu já falei de todas os contras que ela poderia encontrar: feridas, piadas, frustração, desrespeito. E a cada alerta contrario, ela apontava um favorável. Estava segura do que queria pela primeira vez e isso era uma alívio pra mim.

Antes do primeiro mes de aulas e treinos, estava ela entusiasmada com o primeiro amistoso. E eu com aquele frio na barriga: medo de machucar, medo de perder, medo de decepcionar. Mas como ela sente uma vontade enorme de experimentar e ver como é. Então, guardo meus medos no bolso e grito: Vai, Nanda!

E admito ser maravilhoso ver que nossos filhos estão aprendendo a fazer suas próprias escolhas. Dá medo, mas dá orgulho tambem!

 

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*