Principal > Saúde > Dia de fazer pipoca!
13015500_1093122267419325_7451530036959635646_n

Aí você está na reunião com o seu diretor e o telefone toca no silencioso, você dá uma olhadinha pra tela…é de casa! (Até você pedir licença para atender, um turbilhão de coisas já passa na sua cabeça. Mas daí você atende na esperança de ser só uma dúvida sobre o almoço das crianças)

Adivinhem? Ouvi a notícia inacreditável: João Miguel enfiou “uma coisa” no ouvido… (mini infarto)

Como assim?!?!?! É impossível! Ele tem 10 anos! Gente, nem sei… Mas continuo acreditando que coração de mãe tem outra estrutura.

Foi uma correria só. Me despedi da reunião, liguei pra amiga vizinha pra chegar antes de mim, esbaforidamente peguei minha bolsa na sala e caminhei “daquele jeito” até o carro… e o caminho de casa parece não ter fim! (Engraçado como todo mundo está devagar na sua frente, aparecem aqueles engraçadinhos no trânsito, e todos os sinais fecham só de implicância!)

Chego em casa e disfarço o meu nervoso. Eu sei que tem mãe que quase desmaia, outras choram, entram em desespero…eu sei e entendo o jeito de cada uma. Mas eu acho que puxei a minha mãe: a minha primeira vontade é de esbravejar com ele e dar “aquele sermão” com fortes chances de render um beliscão. Mas aí, meu bom senso avança e consigo socorrer primeiro. No sacrifício, mas consigo.

Para resumir, está tudo bem. Foi um milho de pipoca. Ele achou no chão e colocou no ouvido pra assustar a irmã, mas o milho entrou e na tentativa de tirar, entrou mais. Uffa!!! Já foi retirado e segundo ele e Vitório, o medo era só do milho virar pipoca! (Eles conseguem rir do acontecido!)

O assustador é você encontrar notícias de que toda semana tem vários casos: feijão, milho, brinquedo, fone de ouvido, bolinhas, cotonetes!

É muita criatividades dessa turma. Atenção redobrada, mamães!

E sua sexta-feira, foi tranquila igual a minha?!

Um beijo.

Um Comentário, RSS

O seu email não será publicado. Campos requeridos estão marcados com *

*