Principal > Educação > A balinha que é uma droga!
3818_200516215951_docinho

Semana passada recebi muitas mensagens sobre uma possível oferta de drogas que estaria chegando até as crianças nas escolas. Essa mensagem também circulou nas redes sociais e deve ter chegado até você. Como era um assunto sério, precisava ter uma atenção especial.

O Jornal O Diário fez uma matéria sexta-feira sobre o assunto e “segundo o relações públicas do 8° Batalhão de Polícia Militar (BPM), soldado Ataulpho Dutra, não há, até o momento, ocorrência relacionada a esta droga na nossa cidade. Mas ele alertou aos pais e professores para ficarem atentos a qualquer movimentação estranha nas proximidades das unidades escolares.”

Passada a onda do boato de que as “balinhas” estariam chegando às escolas aqui na cidade, fica o alerta de que as drogas sintéticas existem mesmo e estão chegando aos jovens nas boates de todo o Brasil.

Matéria do jornal O DIA traz a informação que “neste domingo, Policiais da Delegacia de Combate às Drogas prenderam, no Centro do Rio, uma quadrilha de classe média, especializada em vender drogas sintéticas. O bando, formado por dez pessoas, agia em boates da cidade.”

app12g6cses2nmapii0rgfrph(Foto: O Dia)

Então, acho melhor conversar sobre isso na nossa casa. Não é mesmo?!

Na minha opinião, evitar que eles saibam disso ou esconder que drogas existem só vai deixar nossos filhos mais vulneráveis. Falar sobre o assunto, explicar as diversas formas que elas se apresentam e o perigo do seu uso é a melhor maneira de informar as crianças.

E outra, não adianta pensar que nunca vai acontecer com nossos filhos ou que a droga está “nesse” ou “naquele lugar”. As drogas estão espalhadas em todos os lugares e em todas as classes sociais.

Então, faça sua parte… Converse, mostre o que está acontecendo, deixe ler sobre drogas, assistam a reportagem na tv. Não é fugindo do assunto que vamos proteger nossos filhos!

Comentário, RSS

  • Cilene Andrade

    fala sobre:
    23 de maio de 2016 at 18:29

    Parabéns Dagma!Acredito nessa transparência na relação entre país e filhos, assim só fortalecemos.

  • Claudenici

    fala sobre:
    23 de maio de 2016 at 19:55

    Com certeza!!! O diálago ainda é o melhor caminho!
    Diga não as drogas!! Vamos combater conversando sobre esse assunto que nos preocupa tanto.

  • Odicéia Manhães

    fala sobre:
    24 de maio de 2016 at 22:12

    Sem dúvida, precisamos ficar atentos especialmente com nossos adolescentes que curtem uma “social ” com os amigos! É preciso falar abertamente sobre o perigo das drogas e sempre que houver oportunidade retomar ao assunto.

  • Bia Mesquita

    fala sobre:
    9 de junho de 2016 at 22:15

    O dialogo constante, sincero e transparente possibilita um autoconhecimento aos pais da realidade dos seus filhos e desenvolve um relacionamento de amizade e confianca tao necessario no contexto familiar. Muitos pais perdem seus filhos dentro de casa e se surpreendem quando descobrem questoes vivenciadas por eles sem sequer desconfiar de tais desdobramentos. É preciso conquistar o coracao dos nossos filhos atraves do dialogo. Eu aposto nisso!

O seu email não será publicado. Campos requeridos estão marcados com *

*